Como fazer provas de concurso do Cebraspe

Um dos principais desafios dos concurseiro é saber como fazer provas de concurso e como fugir do famoso branco.

Talvez você também esteja nessa situação até agora. Mas se já conhece a gente, já viu aqui que esse não deve ser o seu bicho papão ou o monstro de sete cabeças que você esconde no armário de suas inseguranças.

E pode ter certeza que hoje vamos ajudar você a encarar aquela que é uma das bancas mais temidas para os concurseiros.

Quando começamos nossos estudos pra valer algo nos colocará infinitos passos à frente de nossos concorrentes. E hoje vou lhe dar algumas dicas sobre isso.

Igual na guerra, no mundo dos concursos é fundamental conhecer o outro lado! Sim, saber como responder e como atuar em uma prova pela banca escolhida é uma enorme diferencial.

Já falamos sobre esse assunto, mas hoje vamos um pouco mais além. Esse será nosso primeiro artigo no qual vamos começar a detalhar algumas bancas.

E para esse start nada melhor que apresentar quem é essa tão temida, amada e odiada banca de uma errada anula uma certa? Hoje vamos conhecer mais sobre Cebraspe, que é o antigo Cespe, e suas chatinhas questões cheias de pega e macetes!

E quais são as dicas fundamentais para fazer uma prova dessa?! Calma, vamos falar mais sobre isso.

Mas antes é preciso relembrar um pouco mais sobre estratégia e de que modo você usa para saber como fazer provas de concurso.

Estratégia de como fazer provas de concurso do Cebraspe

Para falar da estratégia de como fazer provas de concurso é bom lembrar o que é e qual é a estratégia ideal para a prova?

Quando falamos em estratégia estamos falando em planejar o melhor jeito de fazer suas provas. Entender como resolver as questões, como distribuir o tempo e como aproveitar seu conhecimento da melhor forma é uma parte dessa estratégia.

A verdade é que cada prova é uma prova e cada banca, uma banca. Mas para o Cebraspe três máximas são válidas:

  • Uma leitura rápida inicial de toda a prova vai adiantar muito sua redação. Isso porque normalmente o tema da redação está presente em aproximadamente 20% da prova. leia e terá inclusive argumentos e teorias a serem desenvolvidos na dissertação;
  • Essa primeira leitura também já vai lhe garantir 10% do gabarito; e
  • Aproveite ao máximo o fato de que cada questão só tem duas possibilidades de resposta.

Dedicar-se às questões mais fáceis em blocos de tempo ajudará a evitar brancos. E também permitirá maior número de acertos e certamente lhe levará mais rapidamente à conquista do sonhado emprego.

Por isso a minha sugestão é que você busque sempre fazer várias provas e as faça seguindo essas dicas. Aos pouco isso se tornará automático e ficará cada vez mais fácil fazer provas.

Tudo é uma questão de aprendizado também. A verdade é que você precisa aprender como fazer provas de concurso e em especial aqui, como fazer as provas do Cebraspe.

O tempo na estratégia para o Cebraspe

Ao trabalhar o primeiro ponto que abordei aqui, lembre-se de distribuir bem seu tempo. Pior isso, não demore mais do que 30 minutos na primeira leitura que indicamos.

Os 30 minutos seguintes servem para responder a todas as questões fáceis. Se estudou bem, ao final da primeira hora mais de 40% da prova estará feita.

Os próximos 60 minutos devem ser dedicados às questões que faltarem. Não dedique mais do que três minutos a cada uma, evite ao máximo se prender a uma questão por muito tempo. Isso lhe fará focar tanto nesse ponto que esquecerá o resto!

Feche as duas horas resolvendo todas as questões. Os trinta minutos seguintes são para a redação. Escreva com cuidado e atenção. Os 30 minutos que completarão 3h são para voltar para as questões difíceis. Tranquilidade agora por você já sabe que sua prova está feita!

Com três horas é o momento de preencher o gabarito. Dedique atenção, cuidado e 30 minutos a isso. Depois mais 20 minutos para passar a redação a limpo. Por fim, os 10 minutos finais para revisão.

Aprenda algo importante, se sua prova for de apenas quatro horas ela certamente será mais fácil poupando um dos turnos de 30 minutos para a revisão final. Do contrário ela terá quatro horas e meia ou até cinco horas e meia.

Ainda não vi provas com seis horas de duração, mas sinceramente não duvido que aconteçam um dia. O tempo extra é para as revisões, para tentar resolver questões em branco ou para revisar o cartão de marcações e evitar erros desnecessários.

Caso perceba uma marcação errada, anule sem dó a questão!

Dicas fundamentais e macetes especiais

Agora vamos aprofundar ainda mais nesse tal Cebraspe. E a segunda dica e mais importante de todas:

EM UMA PROVA DO CEBRASPE COM PELO MENOS 20 VAGAS, UMA NOTA EQUIVALENTE A 75% DA PROVA PRATICAMENTE GARANTE SUA APROVAÇÃO!

Pode confiar mesmo nessa afirmação.

É uma simples questão de estatística. Para chegar a essa conclusão precisei de poucas análises que mostraram que essa é a nota média dos aprovados nessa banca.

E mais importante e tranquilizador para você é saber que a distância aqui entre primeiro e último aprovados é pequena. A média dos primeiros colocados é de 85% da prova. Ela é mesmo uma prova mais chata, mas é para todos mais chata.

Portanto, agora que você já sabe quanto precisa tirar, pode simplesmente investir nisso?! Para completar normalmente entre a primeira prova e a quarta prova do Cebraspe costumamos subir em 30% nossa média de acertos. E você sabe quanto fez na sua primeira prova dessa banca?!

Muitas vezes, assumimos certa resistência em relação a novos comportamentos que são necessários. Às vezes, uma mudança de banca nos obriga a rever toda a estratégia.

No caso do Cebraspe a maturidade necessária para não responder e para chutar algumas vezes, mesmo sabendo do risco, é essencial!

A maior dificuldade nessa banca é a grande resistência em relação a não responder as questões.

Então vamos aos dois principais pontos da estratégia de como fazer provas de concurso do Cebraspe:

Aceitar que não responder faz parte da prova.

Uma das coisas mais assustadoras quando as pessoas falam em prova do Cebraspe é a regra básica da banca de que questões erradas anulam questões certas.

Em alguns concursos a regra é duas erradas anulam uma certa e em outros o buraco é mais embaixo e a regra é uma errada anula uma certa.

E aí a pergunta é obvia: o que você vai precisa para aprender como fazer provas de concurso com essa dificuldade extra? Pois a gente traz algumas dicas importantes que ajudam nessa resposta:

  • Primeiro, para a excelência nada melhor que a prática. Então, pratique fazendo muitas, muitas questões do Cebraspe;
  • Entender a diferença entre alguns termos também é importante. Verdadeiro não é necessariamente Certo e vice-versa. Da mesma forma, Falso não é necessariamente Errado e vice-versa. Muitas vezes essa diferença conceitual das palavras salva você dos pegas tão comuns no Cebraspe;
  • Depois, sempre que fizer questões da banca enquanto estuda pense com carinho em cada uma: “Eu sei a resposta ou acho que sei?” Aprender a diferenciar o chute da certeza é um ponto fundamental.
    • Dica: “Chute” é tudo aquilo que você não tem 110% de certeza.
    • Mas chutar no Cebraspe só se você estiver com uma uma dúvida não conceitual. Ou seja, você sabe o que está sendo perguntado, você sabe a resposta, mas está em dúvida se entendeu o que está escrito. Nesse caso, com o gabarito pronto vale a pena se deter mais um pouco já no final, contar certos e errados e ver se o que acha casa com o o que falta mais marcações. Do contrário, ACEITE, e deixe em branco!

Saber o que a banca vai cobrar.

Hein?

Não, você não leu errado.  O caminho para descobrir como fazer provas de concursos passa por saber o que será cobrado. Mas aí você arregala os olhos, levanta os ombros e pergunta: se eu soubesse eu já estaria aprovado, certo?!

Quando falo que você precisa saber o que será cobrado na prova, isso significa que você fez o máximo de exercícios e provas possíveis dessa banca. E ainda aprendeu o jeito que o Cebraspe pergunta. Entendeu quais são os conteúdos mais comuns em cada prova e em cada concurso.

Chegar nesse ponto é enfim descobrir que você sabe e entende como fazer provas de concurso.

Ao se deter nesse ponto para essa banca, você sabe que Português será 78% de interpretação, que a legislação cobrará pouca liberalidade etc. Com o tempo, você começa a perceber quais são os autores prediletos e quais os posicionamentos normalmente adotados.

E isso não só com o Cebraspe, mas com qualquer banca que você for fazer provas. Mais uma vez, a importância do foco. Quanto maior for a definição de seu objetivo, melhores serão suas chances.

Até onde você pode não saber

Por fim também é importante saber deixar brancos, mas quando deixamos mais do que nossa margem estamos nos permitindo fracassar. Em uma prova de 120 itens, tente não deixar mais do que 10 em branco.

Isso vale reforçar porque duas são as razões para um candidato deixar muitas questões em branco:

  • Ele não está suficientemente preparado, ou
  • Ele está com muito medo de marcar.

No primeiro caso não tem jeito, você vai ter que voltar aos livro e estudar mais para o próximo concurso, mas o segundo caso é o que realmente preocupa.

No fundo, quando você deixa questões em branco porque está com medo de marcar significa que você sabe a matéria, mas “amarela” na hora da prova.

Não faça isso! O único jeito de ser aprovado é fazendo muitos pontos e perdendo poucos. Você precisa fazer pontos e, se deixar muitas questões em branco, não terá pontos suficientes para passar.

E nesse caso a única solução é você confiar em si. Acredite no seu potencial e na sua dedicação. Saiba entender a diferença entre não saber e ter medo do que sabe.

Conclusão

Para fechar nosso papo por hoje é importante deixar claro que se você já estuda há algum tempo, sabe que a persistência é a maior vencedora nesse ramo. Portanto, o melhor a fazer quando o assunto é descobrir como fazer provas de concursos é entender que você tem é que se concentrar no processo e deixar o estudo fluir.

E o melhor, aprender a estratégia de como fazer provas de concurso do Cespe é essencial. Por quê?! Simples, para fazer provas do Cespe, além de conhecimento é preciso estratégia. Estratégia é principalmente saber o que e como estudar, onde se focar, o que responder, onde investir seu tempo e seu esforço.

Logo teremos aqui outros papos sobre as outras bancas. Fique atento e nos acompanhe, curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e aproveite nossas dicas também no YouTube.

One thought to “Como fazer provas de concurso do Cebraspe”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *