Hora certa de começar a estudar existe?

Site dedicado a orientar pessoas a passar em concursos públicos

Hora certa de começar a estudar existe?

Quando você começou a pensar em concursos provavelmente descobriu como é difícil saber qual a hora certa de começar a estudar para um concurso.

E certamente essa foi sua primeira e mais difícil dúvida ao começar. Talvez você ainda hoje não seja capaz de responder a essa questão de forma rápida e fácil.

Saiba que você não está só nessa batalha e não é a única pessoa com esse questionamento em mente.

A dúvida comum da vida concurseira

Essa apavorante pergunta assombra a grande maioria dos candidatos de concursos e como tantas outras não tem resposta fácil ou simples. Saber qual a hora certa de começar a estudar para um concurso é como saber qual o exato instante em que você irá se apaixonar.

Na verdade é bem complicado isso. Tudo depende de qual o seu concurso ideal, como é sua base de conhecimentos e de que fatores você pode usar para ajudá-lo no caminho.

Muita gente que já passou em concursos diz que nem precisou estudar. Já outros se dedicaram uma semana antes. E mais um tanto precisou de meses ou até alguns anos para conseguir.

Para saber qual o ideal para você o que é necessário mesmo é se conhecer. Saber quem é, como gosta de estudar, quais conhecimentos possui, como faz provas.

Esse é o seu primeiro passo e só depois disso as coisas fluirão de um modo mais adequado. Então que tal começarmos a entender melhor esse processo e esse longo caminho?


A hora certa de começar a estudar para um concurso depende do edital?

Quando você decidir que chegou a hora certa de começar a estudar para um concurso, deve pensar primeiro no tipo de concurso que fará.

  • É um concurso com edital já aberto ou não?
  • Esse  concurso tem alta ou baixa concorrência, com muitas ou poucas vagas, em instituição de baixa ou alta rotatividade?
  • Normalmente os aprovados nesses concursos têm nível médio ou superior?
  • A prova costuma ser fácil ou difícil?

Essas são perguntas essenciais a se fazer. Afinal, tudo isso irá influenciar o seu caminho.

Estudar antes do edital

Se escolheu começar a estudar para um concurso antes do edital você tem algumas vantagens e desvantagens.

Como vantagem principal está o fato de que terá mais tempo para ampliar sua bagagem de conhecimentos necessários. Mas tem como desvantagem principal o fato de que não sabe o que realmente será cobrado.

A verdade é que muitas vezes achamos que um edital se manterá sempre igual. Mas  com isso esquecemos que leis mudam, que normas internas dos órgãos e a própria necessidade das instituições se alteram.

Ficamos assim meio perdidos quando essas coisas acontecem sem que tenhamos nos preparado adequadamente para isso.

As pessoas estavam acostumadas a estudar leis e normas para concursos administrativos. Nos últimos anos passaram a ser cobradas sobre gestão de pessoas, de processos, arquivos e documentos.

Uma mudança que mostra a necessidade cada vez maior de profissionalização no setor público. E essa profissionalização tem sido uma realidade cada vez mais frequente.

Os tribunais não procuram apenas quem sabe de leis, mas quem sabe conduzir processos eletrônicos e com isso passaram a cobrar mais de noções de informática. Os bancos querem mais do que especialistas em juros, querem craques em gestão de equipes e projetos. Isso muda as provas também. Entender as necessidades das instituições é fundamental para descobrir a hora certa de começar a estudar para um concurso.

O que estudar antes do edital

Muita gente, e talvez você seja um deles afinal está aqui nesse blog, prefere se dedicar aos estudos não apenas quando os editais já saíram.

Essas pessoas costumam focar seus estudos a partir de editais anteriores dos concursos desejados e focam os estudos apenas em algumas matérias que têm mais dificuldades.

A estratégia pode ser interessante mas tem um ponto crucial que normalmente é esquecido aqui.

Ao se dedicar a algumas disciplinas você pode acabar perdendo pontos importantes em disciplinas nas quais não focou os estudos desde o começo e que podem ter maior ou menor peso do que o esperado.

Por isso o ideal antes do edital é focar nas questões mais gerais e em disciplinas que serão úteis em vários concursos. Um exemplo disso é a lei 8.112 nos casos de concursos federais ou direito constitucional para tribunais. Sempre vai cair, pode não ser muito mas sempre cai!

Língua portuguesa e redação também devem ser focos nesses estudos anteriores ao edital. Isso permitirá que você foque nas revisões e exercícios depois que o edital sair.

Também vale muito a pena avaliar se aquela matéria apareceu em vários editais anteriores. Isso é mais um sinal de que tende a ser cobrada no próximo concurso.

Estudar? Só com edital publicado

Agora se você é daquelas pessoas que acredita que o melhor é saber sempre onde atirar, talvez se sinta mais confortável em estudar só depois que o edital sai.

Nesses casos o ponto mais crítico normalmente é o fato de que o prazo para estudar é muito curto. Para resolver a questão o mais importante é ter boa base.

Quem tem boa base consegue se dedicar após a publicação do edital mais aos exercícios e às disciplinas que trarão maior impacto. Aquelas com maior peso nas provas e àquelas que conhece pouco.

Vale aqui também dizer que quem começa a estudar só depois da publicação do edital deve conhecer bem seu perfil de estudo. Isso vai evitar perder tempo com coisas que não ajudarão a focar no essencial.

A grande vantagem de quem estuda após a publicação do edital é que não vai perder tempo com matérias que não irão cair. E pode se dedicar diretamente só ao que interessa deixando o foco mais claro e objetivo.

Conclusão

Essas observações todas podem ter deixado você ainda mais em dúvida sobre qual a hora certa de começar a estudar para um concurso, mas tenha certeza que a hora certa será na verdade a hora que você estiver pronto.

Antes de qualquer coisa é importante você entender que precisa definir suas prioridades. A partir daí será mais fácil e vai dar certo seus estudos quando você focar neles. E para saber focar neles precisa saber em que e como focar.

E por mais que a gente aqui diga que começar antes do edital vale a pena, saiba que começar depois também dá certo. É você que precisa definir se está ou não no seu foco o estudo para um concurso.

 

Um comentário

  1. […] entendo que precisamos falar sobre estudar e deixar a vida passar. A verdade e que normalmente quem estuda para concursos públicos costuma tomar algumas decisões que vão do irreal ao banal como num passe de mágica. É normal […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)